Última hora
This content is not available in your region

Diego Maradona vai continuar hospitalizado

euronews_icons_loading
Diego Maradona vai continuar hospitalizado
Direitos de autor  Natacha Pisarenko/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

No exterior da clínica Olivos, onde está internado Diego Maradona, multiplicam-se as mensagens de apoio. Contrariamente ao que foi anunciado, Maradona vai ficar hospitalizado.

O médico do craque argentino diz que o paciente manifestou episódios de confusão após a operação a um hematoma subdural a que foi submetido e atribuiu este estado à "abstinência".

"Vimos no pós-operatório que ele teve alguns episódios de confusão. Nós e os médicos da terapia associamos isso a um quadro de abstinência. A ideia é - por sugestão deles - fazer um tratamento para este quadro de abstinência. Pensamos que vai durar uns dias", disse o doutor Leopoldo Luque aos jornalistas, à entrada da clínica.

Horas antes da divulgação deste quadro clínico, o mesmo médico tinha dito que Maradona estava bem e queria sair rapidamente da clínica.

Maradona tinha sido hospitalizado na segunda-feira em la Plata, a 60 km de Buenos Aires, por anemia e desidratação, mas os exames revelaram a presença do hematoma subdural. Foi transferido para a clínica Olivos e operado.

O campeão do mundo de 1986 afirmou por diversas vezes que já não consome cocaína mas, de acordo com a imprensa argentina, está agora dependente do álcool.

A vida de "El Pibe de Oro" tem sido ritmada por numerosos problemas de saúde, alguns ligados a todo o tipo de excessos que tem cometido - particularmente com drogas e álcool - tendo estado já, por diversas vezes, no limite da sobrevivência.