Última hora
This content is not available in your region

Europa continua a luta para travar a Covid-19

euronews_icons_loading
Europa continua a luta para travar a Covid-19
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

A pandemia de Covid-19 continua por controlar pela Europa fora. A maioria tenta apertar o cerco à doença, alguns tomando medidas extremas.

*Grécia*

Na capital grega o caos instalou-se na última noite. Longas filas de carros formavam-se rumo às grandes superfícies comerciais e para sair de Atenas no último dia antes do início de um segundo confinamento nacional que durará três semanas.

Desde este sábado de manhã a circulação só é permitida em situações específicas, entre elas compras de primeira necessidade, incluindo medicamentos ou combustível ou para ir trabalhar.

*Itália*

Régio, na região de Calábria, uma das cidades mais importantes do sul da Itália, está desde sexta-feira em bloqueio parcial. As novas restrições, que passam pelo encerramento de tudo o que não é vital, dão ainda assim mais liberdade de movimentos do que a vivida em março em todo o país. O que não impediu as queixas por parte dos governos regionais falam em injustiça.

*França*

No aeroporto de Orly, em Paris, a capital francesa, estará a funcionar, a partir da próxima sexta-feira, um centro de testes rápidos de despistagem à Covid-19 mas apenas para quem parte. Na semana seguinte este serviço chegará ao de Paris-Charles de Gaulle.

*Reino Unido*

Liverpool começou, na sexta-feira, a fazer testes a toda a população residente e que trabalha na cidade. Uma tentativa para evitar a sobrelotação dos hospitais. Este projeto-piloto de testes, o primeiro em Inglaterra, durará numa primeira fase duas semanas. O país está em confinamento desde quinta-feira, devido ao aumento de casos.

*Polónia*

Já a Polónia voltou atingiu um número recorde de mortes, 445 de acordo com dados oficiais quando foram registadas 27.086 novas infeções, quando o país está agora entre os 20 mais afetados do mundo pela pandemia.