Última hora
This content is not available in your region

Covid-19 não dá tréguas na Europa Central e Oriental

euronews_icons_loading
Covid-19 não dá tréguas na Europa Central e Oriental
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

A Hungria registou um número recorde de óbitos por Covid-19: mais de 100 nas últimas 24 horas. Neste período de tempo houve mais 4700 casos de infeção pelo novo coronavírus. Nesta altura, o país tem quase cinco mil pessoas internadas por causa da pandemia, 400 das quais ventiladas.

Perante a taxa de crescimento que se tem verificado, o Governo húngaro prevê que os hospitais possam atingir o limite de capacidade no início de dezembro.

O número de casos do novo coronavírus também está a aumentar na Eslováquia. Para tentar reduzir as medidas de confinamento, O Governo eslovaco testou metade da população no último fim de semana. Os restantes cidadãos vão ser testados no sábado e domingo.

A República Checa é um dos países europeus mais afetados nesta segunda vaga. Na quarta-feira, anunciou mais de 15 mil casos em 24 horas. Ontem teve mais de 13 mil.

Na capital da Eslovénia, um grupo que protestava contra as restrições impostas para tentar conter a pandemia entrou em confrontos com a polícia de choque.

Na Croácia, prevê-se que o número total de mortos pelo novo coronavírus possa chegar aos 1500 no final de novembro.