EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Arménia e Azerbaijão assinam acordo de paz

Imagem cedida pelo Ministério da Defesa do Azerbaijão
Imagem cedida pelo Ministério da Defesa do Azerbaijão Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A assinatura do acordo, medidado pela Rússia, foi anunciada pelo primeiro-ministro arménio, no Facebebook.

PUBLICIDADE

A Arménia e o Azerbaijão assinaram um acordo de paz mediado pela Rússia. 

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro arménio, Nikol Pashinyan, na mesma segunda-feira em que o Azerbaijão reconheceu e lamentou o abate de um helicóptero militar russo que sobrevoava a Arménia e de o presidente azerbaijano ter anunciado controlar Shusha, também conhecida como Shushi, a segunda maior cidade de Nagorno-Karabakh. O avanço militar foi então negado pela Arménia.

Os bombardeamentos às principais cidades do enclave separatista já fizeram centenas de mortos. Milhares de habitantes da capital, Stepanakert, fogem para um futuro incerto.

É o caso de Aida Abramyan, que diz ter deixado tudo para trás sem saber para onde vai. Na partida,  deixa apenas uma pergunta: "O que pode uma mulher sentir sem uma casa, sem pertences, sem nada?".

O conflito entre as forças azerbaijanas e arménias por Nagorno-Karabakh reacendeu a 27 de setembro e desde então o total de número de mortos é incerto. 

Estima-se que, com a escalada de violência em Nagorno-Karabakh , mais de mil pessoas tenham já perdido a vida, muitas das quais, civis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Azerbaijão celebra acordo de paz

Arménia denuncia ataques de artilharia do Azerbaijão

"NATO não faz parte do conflito em Nagorno-Karabach"