This content is not available in your region

Arménia denuncia ataques de artilharia do Azerbaijão

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Arménia denuncia ataques de artilharia do Azerbaijão
Direitos de autor  Aziz Karimov/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.

Sem sinais de abrandamento, a guerra verbal entre a Arménia e o Azerbaijão prossegue, entre acusações mútuas de violação do cessar-fogo. No terreno, traduz-se num rasto crescente de destruição e morte.

O ministro arménio da Defesa denunciou o uso de artilharia do Azerbaijão sobre posições militares arménias em distintas partes da linha da frente depois da entrada em vigor do cessar-fogo.

Nas redes sociais, o presidente da Arména, Nikol Pashinyan, sublinhou, por outro lado, que o país "continua a aderir ao regime de cessar-fogo."

Entre as palavras e os atos encontram-se as vidas de civis, suspensas desde o início do conflito entre as partes. Há registo de vários feridos de ambos os lados. Muitas pessoas foram forçadas a abandonar as respetivas casas à procura de um porto seguro. A tensão entre a Arménia e o Azerbaijão precipitou uma crise humanitária.