Última hora
This content is not available in your region

Lufthansa estreia voos 100% sem Covid

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Aeroporto de Munique -
Aeroporto de Munique -   -   Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Para embarcar num voo livre de Covid-19, como propõe a Lufthansa, é necessário chegar ainda mais cedo ao aeroporto. Depois os passageiros são encaminhados para um laboratório improvisado onde se procede ao chamado teste de pesquisa de antigénios. Trata-se de um exame rápido que identifica proteínas específicas do novo coronavírus.

Os resultados são conhecidos no prazo de 30 a 60 minutos. Se for negativo, o cartão de embarque é automaticamente ativado.

A experiência envolve para já algumas ligações entre Hamburgo e Munique. O teste é gratuito. Em caso de recusa, o passageiro terá de ser transferido para outro voo.

Os passageiros podem também apresentar um teste de diagnóstico PCR realizado até 48 horas antes da partida, que continua a ser mais fiável.

O primeiro voo efetuado nestes moldes foi de Munique para Hamburgo. Todos os ocupantes testaram negativo e ninguém recusou o novo procedimento.