EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Pompeo indigna palestinianos com visita a colonato

Pompeo indigna palestinianos com visita a colonato
Direitos de autor Patrick Semansky/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Patrick Semansky/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
De  Rodrigo Barbosa com AP / AFP / EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

É o primeiro secretário de Estado norte-americano a deslocar-se a um colonato judaico na Cisjordânia ocupada

PUBLICIDADE

"Provocação" e "desafio ao direito internacional": Hamas e Autoridade Palestiniana condenaram vivamente a visita do secretário de Estado norte-americano a um colonato israelita na Cisjordânia.

Ao lado de Benjamin Netanyahu, Mike Pompeo confirmou o apoio da administração Trump a Israel:

"Durante muito tempo o Departamento de Estado assumiu uma visão errada dos colonatos, que não reconhecia a história deste lugar especial. Agora, o Departamento de Estado dos Estados Unidos apoia fortemente o reconhecimento de que os colonatos podem ser feitos de forma legal, apropriada e adequada."

Pompeo tornou-se no primeiro secretário de Estado norte-americano a visitar um colonato na Cisjordância ocupada.

Uma deslocação que indignou também profundamente palestinianos com dupla nacionalidade norte-americana, que o acusaram de "legitimar a ocupação".

Estou muito zangado e desiludido. Penso que Pompeo está a cometer um crime contra a lei internacional e contra todos os valores e emendas da Constituição dos Estados Unidos.
Mounif Traish
palestiniano com dupla nacionalidade norte-americana

Pompeo visitou, longe dos olhos da imprensa, uma exploração de vinho no colonato judaico de Psagot, ao mesmo tempo que o Departamento de Estado anunciava que os produtos provenientes dessas implantações com destino ao estrangeiro passariam a poder ser etiquetados como "feitos em Israel".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque israelita na Cisjordânia faz 14 mortos. EUA ponderam sanções ao exército israelita

Israel diz ter matado três membros do Hamas num hospital na Cisjordânia

Forças israelitas terminam operações no norte de Gaza