Última hora
This content is not available in your region

Milhares presentes no funeral de clérigo radical paquistanês

euronews_icons_loading
Milhares presentes no funeral de clérigo radical paquistanês
Direitos de autor  Szohail Sahzad/MTI/MTVA
Tamanho do texto Aa Aa

Millhares de paquistaneses participaram no funeral do fundador do partido islamista TLP criado para protestar contra as reformas das leis anti-blasfémia no país.

Khadim Hussain Rizvi, de 54 anos de idade, morreu na quinta-feira na cidade de Lahore no leste do Paquistão depois do que um porta-voz do partido descreveu como "uma febre".

Dias antes, Rizvi havia liderado protestos na capital, Islamabad, contra a França exigindo a expulsão do embaixador francês no país.

Os protestos tiveram lugar depois de declarações do presidente francês, Emmanuel Macron, que defendeu o direito de criticar o Islão enquanto parte do direito de expressão.

O clérigo gozava de grande popularidade no Paquistão, em particular na província do Punjab, onde se concentra uma grande parte da população.