Última hora
This content is not available in your region

Calor bate recorde na Austrália e incêndios alastram

euronews_icons_loading
Incêndios na Nova Gales do Sul
Incêndios na Nova Gales do Sul   -   Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

As temperaturas abrasadoras têm trazido ainda mais gente às praias de Sydney, numa altura em que a cidade australiana registou mesmo um recorde: a temperatura mínima na noite de domingo foi de 25 graus, a mais quente de que há memória num mês de novembro. Os termómetros têm ultrapassado constantemente os 40 graus.

A região da Nova Gales do Sul, onde se situa Sydney, já está a debater-se com dezenas de incêndios. David Elliott, responsável da polícia local, lamenta que muitos habitantes não tenham noção do risco que correm, sendo que "90% do território deste Estado está potencialmente exposto à ameaça de incêndios como os que se viveram no ano passado".

Na verdade, as chamas já chegaram a Northmead, um subúrbio a oeste de Sydney.

Os incêndios do verão de 2019mataram 33 pessoas, incluindo 9 bombeiros, destruíram mais de 3 mil casas e consumiram 17 milhões de hectares.