Última hora
This content is not available in your region

EasyJet vai endurecer regras de bagagem de mão

euronews_icons_loading
EasyJet vai endurecer regras de bagagem de mão
Direitos de autor  ODD ANDERSEN/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

A EasyJet vai alterar as regras relacionadas com a bagagem de mão. A companhia aérea britânica de baixo custo anunciou que as novas medidas vão entrar em vigor a partir de 10 de fevereiro e com o intuito de "melhorar o embarque e a pontualidade".

A empresa acrescentou que um bilhete ao preço normal dá direito ao transporte de uma pequena mala ou mochila, mas somente se couberem à frente do passageiro, na parte inferior do assento. Com o tamanho máximo de 45 x 36 x 20 cm (incluindo alças ou rodas.)

Atualmente, os passageiros podem voar com uma mala de cabine gratuitamente desde que cumpra as dimensões máximas, mas a partir de fevereiro quem pretende viajar com com uma mala na cabine maior terá de pagar uma taxa extra que ronda os 9 euros.

As companhias aéreas foram severamente atingidas pelas restrições relacionadas com a crise sanitária e têm vindo a procurar formas de cortar custos.

Em novembro, a Easyjet declarou o seu primeiro prejuízo anual em 25 anos de história da companhia aérea.