EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Uso de canábis despenalizado pela Câmara dos Representantes dos EUA

Uso de canábis despenalizado pela Câmara dos Representantes dos EUA
Direitos de autor Matilde Campodonico/AP
Direitos de autor Matilde Campodonico/AP
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A câmara baixa do congresso dos Estados Unidos aprovou um projeto-lei para despenalizar o uso de canábis a nível federal. Mas o Senado, ainda dominado pelos Republicanos, tem uma palavra a dizer.

PUBLICIDADE

A Câmara dos Representantes do Congresso norte-americano aprovou um projeto-lei para despenalizar e taxar a canábis a nível federal. Os democratas dominam a câmara e entre os republicanos há quem apoie a ideia.

"Voto a favor porque o governo federal mentiu ao povo deste país sobre a marijuana durante uma década. Vimos uma geração, particularmente de juventude de cor presa por ofensas que não deviam ter resultado em qualquer encarceramento", explica o congressista republicano, Matt Gaetz, eleito pela Florida.

"Legalizar a marijuana criaria receitas fiscais. Mas a que custo, vamos depois começar a legalizar a cocaína? A marijuana é uma droga de transição. Não tenham dúvidas quanto a isso, leva a pessoa para drogas muito mais perigosas", contra-argumenta o congressista republicano Greg Murphy, eleito pela Carolina do Norte.

O voto ainda vai ter que passar pelo Senado, ainda controlado pelo Partido Republicano, que conta com uma linha mais dura quanto à despenalização de drogas.

No entanto, poderá ser uma questão de tempo até a legislação federal dar abertura para o que já inúmeros Estados o fazem. 15 Estados já aprovaram uso recreativo e 36 têm legislação sobre a marijuana para fins medicinais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Startups alemãs à espera da legalização da canábis

Pizza de Canábis nos menus de Banguecoque

Um negócio de 20 milhões de euros