Última hora
This content is not available in your region

COVID-19 compromete festas de Natal

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
COVID-19 compromete festas de Natal
Direitos de autor  Gareth Fuller/AP
Tamanho do texto Aa Aa

França dificilmente levantará as restrições a 15 de dezembro conforme o planeado. Os números de segunda-feira mostram uma queda na percentagem de novas infecções por COVID-19, mas estão longe do limite estabelecido pelo governo francês para levantar o confinamento. O número de pessoas hospitalizadas devido à doença aumentou pelo segundo dia consecutivo.

As festas de fim de ano levantam receios de contaminações significativas entre as famílias, como aconteceu durante as celebrações da Ação de Graças no Canadá e depois nos Estados Unidos. Portanto, envio uma mensagem muito clara de prevenção, cautela, apelo ao bom senso e à proteção reforçada das pessoas mais frágeis, dos nossos familiares e mais velhos.
Jérôme Salomon
Diretor Geral da Saúde de França

A Dinamarca também está preocupada com as taxas de infeção e encerrou escolas, assim como bares, cafés e restaurantes em 38 distritos, esta semana. As medidas afetam quase metade da população do país.

A Áustria contraria a tendência e foram levantadas algumas restrições em vigor no país desde 17 de novembro. Este levantamento permite que os estabelecimentos comerciais aproveitem a correria do Natal, mas para muitos negócios já é tarde demais.