EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Deputados argentinos aprovam despenalização do aborto

Ativistas pela liberdade de escolha da mulher celebram em Buenos Aires
Ativistas pela liberdade de escolha da mulher celebram em Buenos Aires Direitos de autor AP Photo/Victor R. Caivano
Direitos de autor AP Photo/Victor R. Caivano
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A câmara baixa do parlamento da Argentina deu o aval a um novo projeto-lei de despenalização do aborto. O diploma segue para o senado, onde o anterior foi barrado, em 2018

PUBLICIDADE

A "Marea Verde" celebrou, nas ruas de Buenos Aires, a aprovação do projeto-lei do aborto pelos deputados da Argentina.

O diploma segue agora para o Senado, onde poderá votado ainda antes do final do ano depois de uma sessão na câmara baixa do Parlamento, com mais de 20 horas, que terminou com 131 votos a favor, 117 contra e seis abstenções.

É a segunda vez que a câmara alta do parlamento argentino é chamada a pronunciar-se sobre um diploma de despenalização do aborto.

O de 2018 esbarrou no senado e os opositores à lei, que também se manifestaram nas ruas, acalentam a esperança que este tenha o mesmo desfecho. Preveem-se dificuldades.

O tema é sensível na sociedade argentina e as opiniões dividem-se em todas as famílias políticas.

Se passar, o novo quadro legal permitirá o aborto até às 14 semanas de gestação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Argentinos pedem: "Aborto Legal já"

Da canábis ao aborto: descubra as votações paralelas às Presidenciais

Varsóvia enche-se de ativistas contra limitação do direito ao aborto