ONU quer o estado de emergência pelo clima em todo o mundo

ONU quer o estado de emergência pelo clima em todo o mundo
Direitos de autor John Thys/AFP or Licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O pedido da declaração do estado de emergência a todos líderes mundiais foi feito pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, na Cimeira da Ambição do Clima.

PUBLICIDADE

Declarar o estado de emergência para atingir a neutralidade carbónica. O pedido foi feito pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterre, durante a Cimeira da Ambição Climática 2020 organizada em conjunto pela França e o Reino Unido.

"Pode alguém ainda negar que estamos a enfrentar uma emergência? Por isso eu peço a todos os líderes mundiais para declararem o estado de emergência nos seus países até chegarem à neutralidade carbónica", declarou António Guterres.

No quinto aniversário do Acordo de Paris, quando se adotou a meta de limitar o aquecimento global a dois graus em relação a níveis pré-industriais, Emmanuel Macron também instou as nações a agirem sob pena de consequências e deu o exemplo europeu.

"Devemos fazer tudo para reforçarmos os objetivos para 2030, como os Europeus fizeram, com [promessa] uma redução das emissões dos gases de efeito estufa em 55%. Todos devemos estar na trajetória da neutralidade carbónica 2050. É um dever para com os países mais vulneráveis que hoje vivem as consequências dos erros passados com a nossa juventude e para com as gerações vindouras", declarou.

Mais de 75 dirigentes e organizações participaram nesta cimeira, considerada a antecâmara da Conferência da ONU sobre as alterações climáticas COP26, que será organizada pelo Reino Unido em Glasgow, adiada este ano por causa da pandemia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Pacto Verde Europeu" é a maior aposta de sempre na ecologia

"O planeta está estragado" avisa António Guterres

Benjamin Netanyahu apresenta plano de gestão de Gaza para um pós-guerra