Última hora
This content is not available in your region

"Estado da União": balanço de 2020

euronews_icons_loading
"Estado da União": balanço de 2020
Direitos de autor  Luca Bruno/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Nesta edição do "Estado da União" fazemos o balanço de 2020, um ano em que mais de 1,5 milhões de pessoas morreram em todo o mundo vítimas de uma pandemia e as democracias ocidentais foram sujeitas a pressões inéditas.

A pandemia levou mesmo a Alemanha, um dos pilares principais do bloco, a mudar de posição relativamente a várias questões.

Este foi também o ano em que Angela Merkel e aliados no Conselho, em particular, o presidente francês Macron pressionaram para um ato inédito na UE: a União Europeia iria contrair um empréstimo conjunto a fim de assistir os países mais fracos assegurando uma forte recuperação das economias.

No total, mais de 1,8 biliões de euros para os próximos anos.

Ao assumir dívida europeia conjunta, a Alemanha quebrou com décadas de política fiscal restritiva.

Falamos ainda com vários eurodeputados para ficarmos a saber as figuras ou eventos que marcaram o ano.

Por fim, como já se tornou habitual nesta altura do ano, os correspondentes da euronews escolhem ainda algumas palavras que marcaram este ano nos países europeus e não só.