EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

27 aprovam acordo comercial pós-Brexit

27 aprovam acordo comercial pós-Brexit
Direitos de autor Virginia Mayo/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Virginia Mayo/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Estados-membros da União Europeia aprovam acordo comercial pós-Brexit negociado com o Reino Unido. Parlamento Europeu pronuncia-se em fevereiro.

PUBLICIDADE

Os 27 Estados-membros da União Europeia aprovaram, por unanimidade, o acordo comercial pós-Brexit negociado com o Reino Unido.

O anúncio foi feito, na rede social Twitter, pelo porta-voz da presidência alemã da UE, Sebastian Fischer.

A decisão dos embaixadores do bloco permite, assim que o pacto entre em vigor, provisoriamente, já no dia 01 de janeiro de 2021.

A poucos dias do início do Ano Novo, as empresas britânicas começaram já a preparar-se para fazer face às mudanças.

O ministro de Estado britânico, Michael Gove, assegurou que "quando se trata de alfândegas, o setor que ajuda as pessoas a preencher esses formulários aduaneiros tem crescido muito. O último inquérito sobre a quão bem preparada estava essa parte específica das empresas, mostrou que a sua capacidade de lidar com novos procedimentos aduaneiros tinha quadruplicado. Mas inevitavelmente, com qualquer mudança, com qualquer transição, há momentos ocasionais de perturbações e é para isso que o Governo lá está, para ajudar as empresas a ficarem preparadas".

O acordo será, ainda, submetido à votação do Parlamento Europeu em fevereiro do próximo ano. O Parlamento do Reino Unido comprometeu-se a apreciar o pacto esta semana onde, em princípio será aprovado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Por que razão são frequentemente os homens que migram para a Europa?

Jovem de 13 anos morre após ataque com espada em Londres

Migrantes tentam chegar à Irlanda para evitarem plano Ruanda do Reino Unido