Última hora
This content is not available in your region

Banhos gelados no primeiro dia do ano

euronews_icons_loading
Banhos gelados no primeiro dia do ano
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

É o primeiro de janeiro e isso significa banhos gelados, seja no mar ou no rio, mas apenas para algumas pessoas.

Como é tradição em Roma, quatro italianos mergulharam nas águas do rio Tibre. Um salto de 15 metros, com os bombeiros por perto.

"É uma tradição bonita e mesmo estas tradições precisam ser respeitadas. Seguindo as regras da Covid, antecipamos os saltos em duas horas para evitar ajuntamentos. Por isso quero desejar a Roma, a Itália e ao mundo inteiro, juntamente com este pessoal, os nossos anjos da guarda, muito obrigado e um muito bom ano para todos", diz um italiano, que mergulha já há 15 anos.

Em Portugal, a tradição ainda é o que era e alguns corajosos entram nas águas geladas do Atlântico no primeiro dia do ano. A praia de Carcavelos foi um dos locais.

Nos Países Baixos, alguns correram para o frio mar do norte numa praia de Haia, apesar do evento estar oficialmente anulado.

Quem não pode ou não arriscou, recorreu à agua em latas, garrafas ou baldes para não quebrar a tradição e começar o novo ano da melhor maneira.