Última hora
This content is not available in your region

Líder da Coreia do Norte admite erros

euronews_icons_loading
Líder da Coreia do Norte admite erros
Direitos de autor  وكالة كوريا للأنباء المركزية/أ ب
Tamanho do texto Aa Aa

O líder da Coreia do Norte admitiu que o plano de desenvolvimento económico do país ficou aquém das expetativas em "quase todas as áreas".

Segunda a nota desta quarta feira da Agência Estatal de Notícias, a declaração de Kim Jong Un foi feita na abertura do congresso do Partido dos Trabalhadores.

O congresso, o primeiro em cinco anos e apenas o oitavo na história da Coreia do Norte, acontece duas semanas antes da tomada de posse do novo presidente dos Estados Unidos.

As relações entre Pyongyang e Washington estão num impasse e o país enfrenta uma forte pressão financeira, mais isolado do que nunca depois de ter fechado as fronteiras por causa do coronavírus.

Em agosto, uma sessão plenária do partido reconheceu que as metas para melhorar a economia nacional foram atrasadas. Em outubro, o líder norte-coreano anunciou uma campanha nacional para estimular a economia.