Última hora
This content is not available in your region

Polícia de Hong Kong detém 50 ativistas pró-democracia

Access to the comments Comentários
De  Euronews com Agências
euronews_icons_loading
Polícia de Hong Kong detém 50 ativistas pró-democracia
Direitos de autor  GNPHOTO-YUNG/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia de Hong Kong deteve nesta quarta-feira cerca de 50 figuras pró-democracia por alegada violação da nova lei de segurança nacional. Segundo as informações avançadas pelos meios de comunicação locais, os detidos são acusados de participar numa eleição não oficial realizada no ano passado para aumentar as hipóteses de controlar a legislatura.

Lam Cheuk-ting, deputado pró democracia, publicou um vídeo na internet do que diz ser o momento em que a polícia entra em sua casa e o prende. Outros dois deputados e o antigo presidente do Partido Democrático de Hong Kong também foram presos, de acordo com a informação divulgada pelo partido.

As prisões em massa contra o movimento democrático de Hong Kong são recorrentes no território semi-autónomo desde que a Lei de Segurança Nacional foi imposta por Pequim, em junho do ano passado.

A lei considera crime os atos de subversão, secessão, terrorismo e conspiração com potências estrangeiras para intervir nos assuntos da cidade.

Os infratores podem enfrentar uma pena máxima de prisão perpétua.