This content is not available in your region

Militares e voluntários limpam a neve em Madrid

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Militares e voluntários limpam a neve em Madrid
Direitos de autor  AFP

Numa corrida contra o tempo, antes que as temperaturas negativas dos próximos dias transformem a neve em gelo, este domingo foi dia de um esforço coletivo para limpar o aeroporto e as estradas de Madrid. Até os militares apoiaram as operações.

Num bairro da capital espanhola, os vizinhos juntaram-se para limpar os acessos ao hospital, num gesto também de agradecimento pelo que os profissionais de saúde têm feito durante a pandemia.

"Somos deste bairro e ontem vimos o apelo nas redes sociais. O nosso grupo de amigos decidiu vir hoje de manhã, simplesmente para limpar o caminho desde a paragem de autocarro até ao serviço de psiquiatria do Hospital Gregorio Marañon, para que as pessoas possam circular sem perigo, sem gelo, e facilitar as coisas o máximo possível", disse Rocío Sedano, psicóloga.

"Eles deram-nos imenso durante o confinamento e estão a dar tudo por tudo durante a pandemia. Por isso, isto é o mínimo que podemos fazer", destacou Félix Sánche, biólogo e secretário da Asociación Vecinal Retiro Norte.

Depois da passagem da tempestade Filomena que originou neve em grande parte da Península Ibérica, Portugal e Espanha preparam-se agora para uma massa de ar ainda mais frio. Portugal Continental e parte da Madeira estão em alerta amarelo até terça-feira.