Última hora
This content is not available in your region

A "montanha selvagem" K2 finalmente domada no inverno

euronews_icons_loading
Sona Sherpa posa para a primeira foto do topo de K2 em pleno inverno
Sona Sherpa posa para a primeira foto do topo de K2 em pleno inverno   -   Direitos de autor  Seven Summit Treks / AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Uma equipa de 10 alpinistas do Nepal fez história este fim de semana, ao concretizar a primeira subida de inverno ao pico do monte K2, o segundo mais alto do mundo (8.611m) e o único acima dos 8 mil metros que ainda não tinha sido escalado na estação mais fria do ano.

A expedição foi organizada pela agência "Seven Summit Treks" e o feito histórico ficou registado em várias fotos, já partilhadas nas redes sociais.

A primeira subida de inverno acontece quase 70 anos depois da primeira vez que um ser humano colocou pé no pico do K2.

A estreia absoluta coube aos italianos Lino Lacadelli e Achille Compagnoni, em 1954, numa expedição ao Caracórum liderada por Ardito Desdio.

Situado junto à fronteira do Paquistão com a China, o K2 é o ponto mais alto da Caracórum e famoso como "a montanha selvagem", pela extrema dificuldade em ser escalado.

A alcunha surgiu depois de o alpinista George Bell, o primeiro a subir o pico mais alto do mundo, o Evereste, ter descrito o K2 como "uma montanha selvagem que nos tenta matar".

As estatísticas indicam agora que mais de 375 pessoas já atingiram o topo do K2, mas pelo menos uma pessoa morre em cada quatro que alcançam o pico do K2.

A lista trágica do k2

Mais de 80 pessoas já perderam a vida a tentar conquistar o pico mais alto do Caracórum e este sábado houve mais uma.

Integrado numa outra expedição ao K2, que preparava a subida para os próximos dias, o alpinista espanhol Sergi Mingote, de 49 anos, sofreu uma queda e morreu quando regressava à base.

A tragédia já mereceu inclusive mensagens de condolências do chefe de Estado espanhol e do ministro da Saúde, Salvador Illa, que define o alpinista como "um amigo pessoal".

Triste morte de Sergi Mingote no K2. Queria continujar a fazer históriam fazendo parte da primeira expedição a coroar esta montanha em pleno inverno e um acidente trágico acabou com a sua vida.

"Um abraço enorme para os entes queridos deste enorme desportista.
Pedro Sánchez
Primeiro-ministro de Espanha

A anterior tentativa de "domar" o K2 em pleno inverno, e que tinha ficado mais perto do feito, aconteceu há quase dois anos, mas foi abortada menos de 100 metros abaixo do pico. Denis Urubko e Marcin Kaczkan ficaram-se pelos 7.750 metros de altitude.

Um dos poucos feitos ainda por conquistar no K2 é a subida ao topo pela encosta leste da montanha. Este é aliás o único pico acima dos 8 mil metros de altitude nunca escalado pelo leste.