EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

A "montanha selvagem" K2 finalmente domada no inverno

Sona Sherpa posa para a primeira foto do topo de K2 em pleno inverno
Sona Sherpa posa para a primeira foto do topo de K2 em pleno inverno Direitos de autor Seven Summit Treks / AFP
Direitos de autor Seven Summit Treks / AFP
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Grupo de 10 alpinistas conseguiu a primeira subida ao pico mais alto da cordilheira Caracórum, mas um alpinista espanhol de um outro grupo morreu

PUBLICIDADE

Uma equipa de 10 alpinistas do Nepal fez história este fim de semana, ao concretizar a primeira subida de inverno ao pico do monte K2, o segundo mais alto do mundo (8.611m) e o único acima dos 8 mil metros que ainda não tinha sido escalado na estação mais fria do ano.

A expedição foi organizada pela agência "Seven Summit Treks" e o feito histórico ficou registado em várias fotos, já partilhadas nas redes sociais.

A primeira subida de inverno acontece quase 70 anos depois da primeira vez que um ser humano colocou pé no pico do K2.

A estreia absoluta coube aos italianos Lino Lacadelli e Achille Compagnoni, em 1954, numa expedição ao Caracórum liderada por Ardito Desdio.

Situado junto à fronteira do Paquistão com a China, o K2 é o ponto mais alto da Caracórum e famoso como "a montanha selvagem", pela extrema dificuldade em ser escalado.

A alcunha surgiu depois de o alpinista George Bell, o primeiro a subir o pico mais alto do mundo, o Evereste, ter descrito o K2 como "uma montanha selvagem que nos tenta matar".

As estatísticas indicam agora que mais de 375 pessoas já atingiram o topo do K2, mas pelo menos uma pessoa morre em cada quatro que alcançam o pico do K2.

A lista trágica do k2

Mais de 80 pessoas já perderam a vida a tentar conquistar o pico mais alto do Caracórum e este sábado houve mais uma.

Integrado numa outra expedição ao K2, que preparava a subida para os próximos dias, o alpinista espanhol Sergi Mingote, de 49 anos, sofreu uma queda e morreu quando regressava à base.

A tragédia já mereceu inclusive mensagens de condolências do chefe de Estado espanhol e do ministro da Saúde, Salvador Illa, que define o alpinista como "um amigo pessoal".

Triste morte de Sergi Mingote no K2. Queria continujar a fazer históriam fazendo parte da primeira expedição a coroar esta montanha em pleno inverno e um acidente trágico acabou com a sua vida.

"Um abraço enorme para os entes queridos deste enorme desportista.
Pedro Sánchez
Primeiro-ministro de Espanha

A anterior tentativa de "domar" o K2 em pleno inverno, e que tinha ficado mais perto do feito, aconteceu há quase dois anos, mas foi abortada menos de 100 metros abaixo do pico. Denis Urubko e Marcin Kaczkan ficaram-se pelos 7.750 metros de altitude.

Um dos poucos feitos ainda por conquistar no K2 é a subida ao topo pela encosta leste da montanha. Este é aliás o único pico acima dos 8 mil metros de altitude nunca escalado pelo leste.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Equipa do Nepal desceu o K2 em segurança

Alpinista suíço quebra recorde

Sobrelotação do Evereste aumenta riscos para alpinistas