Última hora
This content is not available in your region

Operação contra a máfia detém 49 pessoas

euronews_icons_loading
Polícia italiana deteve 49 pessoas na operação Faust
Polícia italiana deteve 49 pessoas na operação Faust   -   Direitos de autor  Carabinieri
Tamanho do texto Aa Aa

Quarenta e nove pessoas foram detidas numa operação da polícia italiana contra a máfia calabresa, a Ndrangheta, em várias províncias do país.

Entre os detidos estão Giuseppe Idà, presidente da câmara de Rosarno, na Calábria, e o vereador Domenico Scriva, que ficaram em prisão domiciliária. De acordo com as investigações da Diretoria Antimáfia de Reggio Calabria, os autarcas receberam o apoio eleitoral do clã Pisano durante as autárquicas de 2016 em troca de cargos municipais para membros da organização criminosa.

Os 49 detidos são acusados de associação mafiosa, tráfico de droga, tentativa de homicídio, posse de armas ilegais, compra de votos, entre outros crimes.

O maior julgamento contra a Ndrangheta, a mais poderosa máfia italiana, começou na semana passada, em Vibo Valentia. No banco dos réus estão mais de 300 políticos, polícias, funcionários públicos, advogados e empresários, suspeitos de ligação à máfia calabresa.