Última hora
This content is not available in your region

Dia de manifestações pela libertação de Navalny

euronews_icons_loading
Dia de manifestações pela libertação de Navalny
Direitos de autor  AP Photo/Dmitri Lovetsky
Tamanho do texto Aa Aa

Na cidade de Khabarovsk, no leste da Rússia, os manifestantes pela libertação do líder opositor Alexei Navalny envolveram-se em confrontos com a polícia, na primeira de uma série de manifestações marcadas para este sábado um pouco por todo o país e que o regime de Vladimir Putin está a tentar impedir de todas as formas, incluindo com a detenção de alguns dos aliados mais próximos de Navalny. Houve também várias figuras da oposição e jornalistas independentes contactados pela polícia com a indicação de não se manifestarem. O mesmo está a acontecer em várias universidades do país, onde os alunos estão a ser ameaçados de expulsão se participarem nos protestos.

As manifestações estão marcadas em cerca de 60 cidades da Rússia. Navalny foi preso na segunda-feira ao regressar à Rússia depois de cinco meses na Alemanha, onde esteve a recuperar do envenenamento de que foi vítima, pelo qual culpa o Kremlin.