Última hora
This content is not available in your region

Rusgas e detenções de apoiantes de Navalny

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
(Arquivo) Em mais uma das inúmeras detenções de que já foi alvo
(Arquivo) Em mais uma das inúmeras detenções de que já foi alvo   -   Direitos de autor  AP/Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Apoiantes ou colaboradores próximos de Alexei Navalny estão a ser detidos antes da manifestação de apoio ao líder da oposição russa, prevista para este sábado.

Pelo menos dois colaboradores próximos de Navalny, Liubov Sobol e Kira Yarmish, estão presos e foram realizadas várias rusgas pelas autoridades.

Na altura da detenção, Kira Yarmish, porta-voz de Navalny, Disse "duvidar que pudesse participar na manifestação, motivo pelo qual está a ser detida".

O protesto não está autorizado pelas autoridades.

Durante a cimeira desta quinta-feira, a União Europeia condenou a detenção de Navalny, depois de este ter sofrido um envenenamento.

"Sobre, Alexei Navalny, condenamos a detenção pelas autoridades russas. Os direitos do senhor Navanly devem ser inteiramente respeitados, apelamos à Rússia para o libertar de imediato e garantir a sua segurança", declarou Charles Michel.

Do lado Parlamento Europeu há apelos a sanções contra oligarcas russos.

Navalny foi detido mal colocou um pé em solo russo depois de ter recuperado na Alemanha de um envenenamento com uma substância neurotóxica do tipo Novichok a quem o líder da oposição culpou os serviços secretos russos.