Justiça russa rejeita recurso de Navalny

Justiça russa rejeita recurso de Navalny
Direitos de autor Alexander Zemlianichenko/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Líder da oposição russa irá continuar detido até ao julgamento por violação da pena suspensa

PUBLICIDADE

Alexei Navalny irá continuar atrás de grades até ao início do julgamento depois de um Tribunal de Moscovo ter rejeitado o pedido para aguardar em liberdade. O russo é acusado de ter violado os termos de uma pena suspensa, relativa a uma condenação por fraude, ao ultrapassar a data limite para regressar ao país.

A defesa argumenta que Navalny estava impedido de o fazer uma vez que recebia tratamento hospitalar em Berlim para o envenenamento de que foi alvo. O julgamento tem início marcado para a próxima semana e caso seja considerado culpado, Navalny arrisca três anos e meio de prisão.

A sua detenção no regresso à Rússia motivou uma série de protestos em todo o país e foi condenada pela comunidade internacional, mas as autoridades russas continuam a fazer a vida negra à oposição.

Esta quarta-feira foram detidas três pessoas próximas de Navalny, entre as quais o seu irmão, por violação das regras de confinamento e por colocarem a juventude em perigo ao apelarem à sua participação nos protestos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin diz que "ameaças" ocidentais à Rússia terão consequências catastróficas

Rússia dá início à votação antecipada para as eleições presidenciais

Funeral de Navalny realiza-se na sexta-feira em Moscovo