EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Juízes europeus ordenam libertação de Navalny

Juízes europeus ordenam libertação de Navalny
Direitos de autor Babuskinsky District Court Press Service via AP
Direitos de autor Babuskinsky District Court Press Service via AP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tribunal Europeu de Direitos Humanos exige a libertação imediata do opositor russo Alexei Navalny, alegando riscos de vida para o contestatário.

PUBLICIDADE

O Tribunal Europeu de Direitos Humanos ordenou, esta quarta-feira, que a Rússia libertasse, de imediato, o opositor russo Alexei Navalny, ao argumentar riscos de vida para o requerente.

De acordo com o comunicado, o Tribunal considera que o não cumprimento desta decisão implica uma quebra da convenção europeia de Direitos Humanos. O documento ressalva, no entanto, que o Tribunal Europeu de Direitos Humanos não pode substituir-se a um tribunal nacional nem anular o seu veredicto.

O Kremlin já se pronunciou. Numa declaração, o Ministério russo da Justiça considera que a exigência do braço judicial do Conselho da Europa representa "uma rude interferência no sistema judicial" da Rússia e que "atravessou a linha vermelha".

No início de fevereiro, um tribunal de Moscovo condenou Alexei Navalny, de 44 anos, a uma pena de dois anos e oito meses, ao tornar efetiva uma sentença suspensa em 2014, por violação da liberdade condicional.

Navalny aguarda, detido, pela audiência de recurso que deve ocorrer no sábado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Debate Europeias: eleitores que votam pela primeira vez colocaram questões aos candidatos

Ataque aéreo a Kharkiv faz pelo menos sete mortos. Zelenskyy condena brutalidade russa

"A próxima Comissão será de centro-direita", diz copresidente do CRE