This content is not available in your region

Segunda volta das eleições presidenciais na Nigéria

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Segunda volta das eleições presidenciais na Nigéria
Direitos de autor  from AFP video

Apesar do clima de instabilidade na Nigéria, mais de 7 milhões de eleitores vão a votos na segunda volta das eleições presidenciais. O atual presidente do país, Mahamadou Issoufou, vai deixar o cargo após dois mandatos, abrindo caminho à transferência de poder na nação africana - que a população espera que se faça de uma forma pacífica.

Os eleitores fazem a escolha entre os candidatos Mohamed Bazoum, que conta com o apoio do governo cessante, e Mahamane Ousmane, ex-presidente do país. Na primeira volta, no final de dezembro, Bazoum conseguiu 39,3% dos votos e Ousmane quase 17%.

A vida no país está sob a ameaça constante de ataques de grupos como o Daesh ou ao Boko Haram. E a insegurança é um dos principais motivos que incentiva os mais jovens a votar. O próximo presidente vai enfrentar desafios importantes, incluindo o aumento da violência ligada a grupos extremistas islâmicos.