Biden legaliza centenas de milhares de migrantes venezuelanos

Biden legaliza centenas de milhares de migrantes venezuelanos
Direitos de autor AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Estatuto Temporário de Proteção tem efeitos imediatos e terá uma validade de 18 meses

PUBLICIDADE

O presidente norte-americano, Joe Biden, concederá o estatuto de protecção temporária a cerca de 320 mil venezuelanos a residirem ilegalmente nos Estados Unidos.

O estatuto TPS, na sigla em inglês, concede aos imigrantes o estatuto de residência e trabalho legais no país.

A medida aprovada pela administração Biden tem efeitos imediatos. Ficam contudo excluídos aqueles com registo criminal.

Para Andrés González, um venezuelano que trabalha num restaurante de Miami, são ótimas notícias.

"A extensão do TPS é excelente porque todos aqueles como eu que pediram asilo, que chegaram aqui e pediram asilo, mas não receberam, não têm que se preocupar com a expulsão ou deportação ou com o "não", agora têm 18 meses para resolver esta questão", afirma Andrés González, um migrante venezuelano que trabalha num restaurante em Miami.

Na Venezuela o líder da oposição Juan Guaidó aplaudiu a decisão do governo norte-americano e agradeceu a Joe Biden.

No seio do governo venezuelano a reação não podia ter sido mais diferente.

O chefe da diplomacia Jorge Arreaza afirmou nas redes sociais que teria sido muito mais coerente levantar as sanções arbitrárias que causam dor e sofrimento aos venezuelanos.

O programa TPS foi criado nos Estados Unidos nos anos 90 e permite um estatuto de proteção temporária a populações cujos países tenham sido afetados por guerra ou desastres naturais tornando impossível o seu regresso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Maduro quer "rever" relações com Espanha

Venezuela expulsa embaixadora da UE

União Europeia deixa de tratar Juan Guaidó como presidente interino