Última hora
This content is not available in your region

Mississipi proíbe atletas transgénero no desporto escolar feminino

euronews_icons_loading
Apoiantes da comunidade transgénero reclamam tratamento igual
Apoiantes da comunidade transgénero reclamam tratamento igual   -   Direitos de autor  AP Photo/Stephen Groves
Tamanho do texto Aa Aa

A comunidade transgénero dos Estados Unidos sofreu mais um golpe esta quinta-feira no Mississipi.

O governador Tate Reeves ratificou uma lei queproíbe as escolas de integrarem atletas transgénero em competições desportivas femininas.

O Mississipi é o primeiro estado este ano a passar uma proibição à comunidade transgénero a lei, mas há mais duas dezenas de governadores com propostas no mesmo sentido.

O movimento ganha força em oposição à ordem executiva do novo Presidente, o democrata Joe Biden, que logo após a tomada de posse proibiu a discriminação nas forças armadas e também no desporto escolar com base na identidade de género.

Reeves, que salientou ser pai de três raparigas, alegou mesmo ter ficado "sem alternativa" depois dessa decisão do presidente e explicou que "esta importante lei vai garantir que jovens mulheres no Mississipi tenham um terreno competitivo justo no desporto escolar."

No Twitter, Reeves escreveu ainda que "com esta lei, as jovens não terão de competir contra adversários biologicamente masculinos".

A lei deve começar a ser aplicada a 1 de julho.

Editor de vídeo • Francisco Marques