Última hora
This content is not available in your region

Motoristas da Uber conquistam direitos no Reino Unido

euronews_icons_loading
Motoristas da Uber conquistam direitos no Reino Unido
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Mudança de estatuto para os motoristas da Uber no Reino Unido. Após decisão do tribunal, passam a ser considerados como assalariados e conquistam o direito ao salário mínimo, atualmente a rondar as 9 libras (£8 ,72) por hora no país, a férias pagas e a um regime de pensões.

Até agora eram considerados como trabalhadores independentes. Trata-se de uma mudança de modelo social inédita da empresa norte-americana que se curva perante a justiça e que pode ter um forte impacto noutras plafaformas digitais em atividade no mercado.

A Uber não revelou o custo destas medidas, que devem pesar nas frágeis finanças de uma empresa ainda não lucrativa e abalada pela crise sanitária.

A empresa opera em 23 países. Mais de 280 mil motoristas asseguraram as viagens na plataforma em 2020 e mais de 370 mil estafetas asseguraram os serviços da aplicação Uber Eats. Entre 2018 e 2020 a Uber encaixou mais de 12 mil milhões de euros.

Por enquanto, a mudança de estatuto acontece apenas no Reino Unido. A Uber vai agora avaliar as especificidades de cada mercado para encontrar a melhor forma de implementar os benefícios laborais em cada país.