Bélgica homenageia vítimas dos atentados de 2016

Bélgica homenageia vítimas dos atentados de 2016
Direitos de autor Christophe Licoppe/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bélgica presta homenagem às 32 vítimas mortais dos atentados suicidas de 22 de março de 2016. Ataques foram reivindicados pelo Daesh.

PUBLICIDADE

A Bélgica prestou, esta segunda-feira, homenagem às 32 vítimas mortais dos ataques terroristas de 22 de março de 2016.

O Rei Filipe e a Rainha Matilde participaram em cerimónias no aeroporto de Zaventem e na estação de metro de Maelbeek, em Bruxelas, cenário dos atentados suicidas.

O primeiro-ministro, Alexander de Croo, reuniu-se posteriormente com sobreviventes e familiares das vítimas mortais.

Recorde-se que na manhã de 22 de março de 2016, explodiram dois engenhos no aeroporto de Zaventem, uma hora depois, registou-se outra explosão na estação de metro de Maelbeek. Além das 32 vítimas mortais, mais de três centenas de pessoas ficaram feridas.

Três islamistas morreram no local, outro acabou detido. O atentado foi reivindicado pelo grupo radical Estado Islâmico.

De acordo com as investigações, os autores dos ataques pertenciam a uma célula franco-belga ligada aos atentados que ocorreram em Paris, no dia 13 de novembro de 2015, que fizeram 130 mortos e mais de quatro centenas de feridos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Atentado suicida numa catedral marca Semana Santa na Indonésia

NATO investe mais de mil milhões de euros em munições de artilharia

2024 chegou: Europa dá as boas-vindas ao novo ano com celebrações nas capitais