Última hora
This content is not available in your region

Erdogan quer partido da oposição julgado

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Erdogan quer partido da oposição julgado
Direitos de autor  Emrah Gurel/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Constitucional da Turquia estuda a hipótese de aceitar o processo do Procurador-geral do país contra o Partido Democrático Popular, vulgo HDP, pró-curdo.

O procurador acusou o HDP, o terceiro maior partido do parlamento, de ser uma frente política do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, o proscrito PKK - que é reconhecido como uma organização terrorista por Ancara e pela União Europeia.

O analista de política internacional, Gunter Seufert, acredita que o presidente turco_"está a criminalizar não só o HDP, mas também o principal partido da oposição, o partido do fundador republicano, Mustafa Kemal Attaturk. Todas as vozes divergentes receiam ser criminalizadas. Por conseguinte, há quem duvide se Erdogan aceitaria mesmo a derrota nas próximas eleições legislativas"._

O Partido Democrático Popular nega todas as acusações do Procurador-geral da Turquia.

A União Europeia manifestou já a sua preocupação em relação a este julgamento e ao uso que Recep Tayyip Erdogan fez dos poderes de emergência impostos após o falhado golpe de Estado, em 2016.