Última hora
This content is not available in your region

VOX recebido com violência em bairro de Madrid

De  Euronews
euronews_icons_loading
VOX recebido com violência em bairro de Madrid
Direitos de autor  Bernat Armangue/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Pedras, garrafas e outros objetos foram arremessados, esta quarta-feira, nos arredores de Madrid, no bairro de Vallecas, em protesto contra um comício do Vox.

O partido espanhol de extrema-direita foi recebido de forma violenta por alguns habitantes e, de acordo com a agência de notícias EFE, dos confrontos com a polícia resultaram dois detidos e pelo menos 35 feridos, entre os quais 21 polícias.

Os distúrbios começaram com a chegada da candidata do Vox à Comunidade de Madrid, Rocío Monasterio, e do líder nacional do partido, Santiago Abascal, em pré-campanha antes das eleições regionais no país.

Com a tensão na rua a aumentar, Abascal interrompeu várias vezes o discurso e chegou mesmo a suspendar a intervenção culpando o ministro do Interior, Fernando Grande-Marlaska, pela inoperância das autoridades e pedindo a sua demissão. A Polícia Nacional fez várias cargas contra os manifestantes, e usou balas de borracha.

O bairro de Vallecas é conhecido como um marco de resistência e luta antifascista durante a ditadura de Franco.

Em Madrid, as eleições regionais estão marcadas para 4 de maio.