Chéquia limita número de funcionários na embaixada russa

Chéquia limita número de funcionários na embaixada russa
Direitos de autor Petr David Josek/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A decisão acontece após 20 diplomatas checos terem recebido ordens para abandonar Moscovo no fim de semana, depois de 18 russos terem sido expulsos de Praga no sábado.

PUBLICIDADE

A Chéquia decidiu limitar o número de funcionários russos na embaixada em Praga ao mesmo número de funcionários da embaixada checa em Moscovo.

A decisão acontece após 20 diplomatas checos terem recebido ordens para abandonar Moscovo no fim de semana, depois de 18 russos terem sido expulsos de Praga no sábado.

A Chéquia tinha pedido que os seus funcionários fossem autorizados a regressar ao trabalho em Moscovo até esta quinta-feira, dizendo que a embaixada não consegue funcionar sem o staff, mas não houve resposta do Kremlin.

A Chéquia acusou os diplomatas russos de serem espiões e de dois deles estarem por trás do envenenamento com Novichok do ex-espião russo Sergei Skripal e da sua filha, no Reino Unido, em 2018. Os diplomatas são também suspeitos de envolvimento numa explosão num depósito de armas checo em 2014, que matou duas pessoas.

O Kremlin nega todas as acusações, que considera "provocadoras e hostis".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Professora julgada por dizer aos alunos que não há guerra na Ucrânia

Rússia declara correspondente da BBC de “agente estrangeiro”

Como a ucraniana Valeriia, de 17 anos, escapou a um campo de reeducação russo