This content is not available in your region

Milhares de barris com substâncias tóxicas no Mar da Califórnia

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com AP
euronews_icons_loading
Milhares de barris com substâncias tóxicas no Mar da Califórnia
Direitos de autor  David Valentine/UC Santa Barbara / RV Jason via AP

Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia encontrou mais de 25 mil barris com substâncias tóxicas no fundo do mar, ao largo de Los Angeles e da ilha de Santa Catalina. Os barris foram encontrados num local que se acredita ter sido um depósito de lixo tóxico submarino dos tempos da Segunda Guerra Mundial.

Os cientistas têm vindo a investigar os barris despejados no fundo do mar há vários anos. Desta vez, as 27.345 imagens "tipo barril" foram capturadas por investigadores do Instituto de Oceanografia Scripps da Universidade da Califórnia em São Diego. Através de drones submarinos captaram imagens de alta resolução dos barris a 900 metros da superfície e ao longo de todo a extensão analisada.

O chefe da expedição conta que toda a equipa ficou muito surpreendida com a extensão do campo de destroços, mas lembra que olhando para os registos históricos perceberam que os barris foram despejados durante décadas. “Por isso, não devia ter sido uma surpresa para os cientistas”, defende Eric Terrill.

Os registos históricos de navios mostram que as empresas industriais do sul da Califórnia utilizaram o mar como lixeira até

1972, quando foi adotada a Lei de Proteção Marinha.

Os cientistas acreditam que foram despejadas no Mar da Califórnia entre 350 e 700 toneladas de substâncias tóxicas. Na região, foram detetados níveis elevados de DDT nos mamíferos marinhos e o produto químico foi ligado ao cancro nos leões-marinhos.