Última hora
This content is not available in your region

Alemanha devolve "Bronzes de Benim" à Nigéria

euronews_icons_loading
Alemanha devolve "Bronzes de Benim" à Nigéria
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

Os museus da Europa são ricos em arte africana pilhada durante a era colonial mas a discussão para a sua devolução aos países de origem tem vindo a crescer de tom. A Alemanha deu esta semana o exemplo ao anunciar que iria devolver à Nigéria as várias centenas de "Bronzes de Benim" que tem nos seus museus.

A ministra da Cultura, Monika Grütters, destaca a intenção de enviar uma mensagem e contribuir para a reconciliação, com compreensão e respeito por todas as partes envolvidas, e acrescenta que para isso era necessário um entendimento para uma restituição substancial.

As primeiras devoluções estão previstas para 2022 e vão ao encontro da intenção da Nigéria de construir um museu para exibir os artefactos devolvidos. Um projeto superior a três milhões de euros, financiado em parte pelo Museu Britânico.

Os "Bronzes de Benim" foram pilhados precisamente pelos soldados britânicos, no final do século XIX, e com o tempo foram-se espalhando por vários museus europeus. Chegou o momento de preparar o regresso a casa.