Última hora
This content is not available in your region

A Grécia já abriu as portas aos turistas

euronews_icons_loading
A Grécia já abriu as portas aos turistas
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia abre as portas aos turistas. É o primeiro destino turístico da Europa a fazê-lo. Tanto o governo como os operadores turísticos têm esperança que a oferta de sol, mar e espaços ao ar livre consiga fazer crescer as receitas de que o país tanto precisa.

Os visitantes são bem-vindos desde que tenham sido vacinados ou tenham testes covid negativos.

Pelas declarações no aeroporto de Atenas, ninguém parece incomodado com isso.

"Acabei de fazer o meu teste aqui. É fácil. Por isso, sim, estou a sentir-me seguro", diz um turista francês. Um alemão afirma: "Estamos muito felizes por ter a oportunidade de visitar novamente a Grécia depois de um longo período em que tudo estava fechado".

Creta, um dos destinos mais populares da Grécia, espera mais de 10.000 chegados durante os primeiros quatro dias após a reabertura. São as previsões dos funcionários da indústria do turismo.

Um turista alemão explica ao chegar à ilha: "Primeiro tivemos de fazer o nosso teste em casa e de preencher todos os formulários".

Os turistas sérvios, esses, atravessam a fronteira de Presevo passando pela fronteira do norte da Macedónia em direção às praias do norte da Grécia.

A Grécia começa a lançar a estação balnear, enquanto os residentes das ilhas gregas começaram a receber as segundas doses da vacina contra o coronavírus. O programa de vacinação para as ilhas gregas está a ser acelerado para abranger todos os residentes locais até ao final de junho.

As autoridades preparam-se para um verão o mais normal possível e, se tudo corre como previsto, Atenas espera duplicar o número de visitantes e as receitas turísticas do no ano passado.