EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Israel intensifica ataques mas nega ofensiva terrestre

Israel intensifica ataques mas nega ofensiva terrestre
Direitos de autor Khalil Hamra/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Khalil Hamra/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Violência entre israelistas e palestinianos atinge níveis que não se viam desde 2014

PUBLICIDADE

O exército israelita negou que estivesse em curso uma ofensiva terrestre contra a Faixa de Gaza mas nem por isso deixa de mobilizar as tropas para a fronteira. A madrugada de sexta-feira ficou marcada pela maior operação militar israelita desde a eclosão do mais recente conflito, na segunda-feira, com força aérea e exército a atacarem alvos estratégicos que dizem pertencer ao Hamas. Ainda assim, fizeram questão de sublinhar que não entraram em território inimigo.

As forças palestinianas ameaçaram dar uma "dura lição" a Israel em caso de ofensiva terrestre, acrescentando que seria "uma boa oportunidade para aumentar o número de mortes e prisioneiros entre os inimigos", mas por enquanto têm-se limitado ao lançamento de "rockets".

O conflito entre israelitas e palestinianos é histórico mas desde 2014 que as hostilidades não atingiam estes níveis de violência. O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, já avisou que a operação militar contra as forças palestinianas irá durar o tempo que for necessário e de acordo com a Efe, Israel rejeitou "todas as iniciativas" para uma trégua entre as duas partes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israelitas querem explicações sobre frase de Netanyahu: "Reféns não estão a morrer"

Três feridos graves após atropelamento junto a estação de autocarro em Israel

Milhares de pessoas pedem em Telavive demissão de Netanyahu e regresso dos reféns