Última hora
This content is not available in your region

O drama dos menores ilegais em Ceuta

euronews_icons_loading
O drama dos menores ilegais em Ceuta
Direitos de autor  Bernat Armangue/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Um jovem migrante ilegal morreu este sábado no hospital da cidade autónoma espanhola de Ceuta. O jovem, proveniente de Marrocos, caíu de uma altura de 10 metros quando tentava apanhar um barco para Espanha continental. A notícia foi confirmada pelas autoridades oficiais.

Nos últimos dias, centenas de migrantes ilegais, muitos deles menores, deambulam pelas ruas de Ceuta sem destino.

Mohamed nasceu na Guiné Conakri e conta que esta não foi a primeira tentativa de fugir. Na primeira vez que pisa território com bandeira de um país europeu lamenta a falta de apoio. Diz que há quatro dias que "dorme e vive nas ruas de Ceuta" e desabafa: "a única coisa que fazemos é sofrer".

Esta semana chegaram ao enclave espanhol no norte de África mais de 8 mil migrantes ilegais, vindos de Marrocos. As autoridades de Ceuta reconhecem ser incapazes de prestar a ajuda necessária a centenas de crianças e adolescentes ainda no território.

A ministra espanhola dos Assuntos Exteriores defendeu este sábado um grande pacto europeu em matéria de migrações para fazer face a situações como esta.