EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

O drama dos menores ilegais em Ceuta

O drama dos menores ilegais em Ceuta
Direitos de autor Bernat Armangue/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Bernat Armangue/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Teresa Bizarro com Agências
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um jovem morreu este sábado, depois de ter caído no porto de Ceuta quando tentava saltar para um barco que partia para Algeciras

PUBLICIDADE

Um jovem migrante ilegal morreu este sábado no hospital da cidade autónoma espanhola de Ceuta. O jovem, proveniente de Marrocos, caíu de uma altura de 10 metros quando tentava apanhar um barco para Espanha continental. A notícia foi confirmada pelas autoridades oficiais.

Nos últimos dias, centenas de migrantes ilegais, muitos deles menores, deambulam pelas ruas de Ceuta sem destino.

Mohamed nasceu na Guiné Conakri e conta que esta não foi a primeira tentativa de fugir. Na primeira vez que pisa território com bandeira de um país europeu lamenta a falta de apoio. Diz que há quatro dias que "dorme e vive nas ruas de Ceuta" e desabafa: "a única coisa que fazemos é sofrer".

Esta semana chegaram ao enclave espanhol no norte de África mais de 8 mil migrantes ilegais, vindos de Marrocos. As autoridades de Ceuta reconhecem ser incapazes de prestar a ajuda necessária a centenas de crianças e adolescentes ainda no território.

A ministra espanhola dos Assuntos Exteriores defendeu este sábado um grande pacto europeu em matéria de migrações para fazer face a situações como esta.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Espanha já começou a deportar migrantes ilegais em Ceuta

Maré humana em Ceuta com a chegada de milhares de migrantes

Ilha de Menorca: aldeia de Binibeca Vell com horário restrito de visitas durante o verão