EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Partido conservador DISY reeleito para controlar Parlamento cipriota

Partido conservador DISY reeleito para controlar Parlamento cipriota
Direitos de autor Petros Karadjias/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Petros Karadjias/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Francisco Marques
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As três maiores forças políticas de Chipre perderam cada uma três pontos face a 2016, o mesmo valor ganho pele ELAM, de extrema-direita, agora o quarto maior partido na ilha

PUBLICIDADE

O partido conservador Aliança Democrática, afeto ao Presidente Nikos Anastasiades e conhecido pela sigla local DISY, é o vencedor das eleições legislativas do Chipre.

O escrutínio decorreu este domingo para preencher os 56 assentos gregos dos 80 do Parlamento cipriota.

Os restantes 24 são eleitos pelos turcos cipriotas, mas desde a divisão da ilha em 1974, não são preenchidos e a assembleia cipriota resume-se aos 56 assentos gregos desde o alargamento do hemiciclo em 1980.

Com quase 100% do escrutínio concluído e uma participação acima dos 65%, o DISY tinha garantido cerca de 27% dos votos, o que revela uma queda de três pontos em relação ao sufrágio de há cinco anos. Averof Neofytou, o líder do partido reeleito para controlar o Parlamento, preferiu privilegiar o triunfo.

Comissão Eleitoral Cipriota
Resultados oficiais das eleições no Chipre, às 23h15 CETComissão Eleitoral Cipriota

No Segundo lugar, ficou o AKEL, o Partido Progressista do Povo Trabalhador, uma força de ideologia comunista, que recolheu 22% dos votos, o equivalente também a uma queda de três pontos face a 2016.

Em terceiro, também com uma queda similar, ficou o Partido Democrata, o DIKO, uma força centrista de ideologia nacionalista.

A grande surpresa foi a subida do ELAM, de extrema-direita, que recolheu quase 7% dos votos e é agora a quarta força política no Chipre.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fantasma da abstenção assombra eleições legislativas em Chipre

Presidente de Chipre: Turquia "não pode explorar interesses individuais de alguns países da UE"

Negociações sobre Chipre fracassam