Última hora
This content is not available in your region

Último rio selvagem da Europa ameaçado devido às barragens

euronews_icons_loading
Último rio selvagem da Europa ameaçado devido às barragens
Direitos de autor  يورونيوز
Tamanho do texto Aa Aa

O rio Vjosa é considerado como o último rio selvagem da Europa. Um grupo de ativistas luta para salvá-lo.

Da Grécia, à Albânia, até ao Mar Adriático, o rio Vjosa percorre 300 quilómetros e alberga mais de mil espécies diferentes. O projeto de construção de mais de trinta barragens hidroelétricas ameaça o habitat local.

"Não à destruição do rio Vjosa. Não às barragens! Não à destruição das nossas terras!" são algumas das palavras de ordem dos manifestantes que se opõem ao projeto de barragem.

"Os rios são corredores para a migração das espécies. Ao limitar o fluxo de um rio, a barragem elimina o corredor, os habitats e as espécies. Perdemos todos esses valores", alerta Aleko Miho, professor do Departamento de Biologia, da Universidade de Tirana.

Ativistas quer proteger um dos "últimos rios selvagens"

Foi lançada uma campanha internacional para atribuir ao rio o estatuto de Parque Nacional e anular o projeto de construção da barragem. O ator norte-americano Leonardo DiCaprio é um dos apoiantes da iniciativa.

Uma "mais-valia" para a Europa

"É o que exigimos com toda a força. Entre todos os recursos naturais que estão a ser explorados, poupemos este rio", defendeu Aleko Miho, professor do Departamento de Biologia, da Universidade de Tirana.

"É uma oportunidade rara para proteger um dos últimos grandes rios selvagens. Seria uma mais-valia para a Europa e um contributo para os esforços globais de conservação da natureza", sublinhou Kathy MacKinnon, presidente da Comissão Mundial das Áreas Protegidas, da União Internacional para a Conservação da Natureza.

Durante a Green Week, a Euronews propõe uma série de artigos sobre os temas do ambiente e e da biodiversidade na Europa.