EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Confrontos entre indígenas e polícia em Brasília

Confrontos entre indígenas e polícia junto ao Parlamento brasileiro
Confrontos entre indígenas e polícia junto ao Parlamento brasileiro Direitos de autor TIAGO MIOTTO/AFP
Direitos de autor TIAGO MIOTTO/AFP
De  Rodrigo BarbosaAFP / EFE
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Incidente ocorreu quando deputados debatiam polémico projeto de lei que altera regras de demarcação das terras indígenas no Brasil

PUBLICIDADE

Os confrontos entre polícia e indígenas em frente ao Parlamento brasileiro foram seguidos de acusações entre as autoridades e os manifestantes.

Os incidentes saldaram-se em pelo menos três polícias feridos por flechas e vários indígenas atingidos por granadas atordoantes e gás lacrimogéneo, com pelo menos dois hospitalizados "com ferimentos graves", segundo a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil.

O serviço de imprensa da Câmara dos deputados acusou os manifestantes de "tentarem invadir" o Parlamento.

**Dinamam Tuxá, líder indígena e coordenador executivo da APIB: **

"Nós já vivemos há décadas, dentro do nosso território, com a paralisia da demarcação, com vários garimpeiros invadindo, com violência, com jagunço matando liderança... E nós chegamos aqui, para justamente denunciar o que vem ocorrendo dentro dos territórios, e passamos pela mesma situação."

Acampados em frente ao Parlamento, em Brasília, desde o início do mês, vários grupos indígenas pretendiam participar numa sessão parlamentar onde era debatido um polémico projeto de lei que altera as regras sobre a demarcação das suas terras.

Os indígenas temem ver os territórios abertos à exploração comercial, nomeadamente ao setor madeireiro e da extração mineira. 

Os manifestantes denunciam também o forte aumento destas atividades de forma ilegal, desde a chegada ao poder de Jair Bolsonaro, ferrenho defensor da exploração dos recursos naturais das terras indígenas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Indígenas do Brasil querem Bolsonaro em Haia

Milhares de brasileiros nas ruas pedem destituição de Bolsonaro

Rainhas "derrubadas" em protesto no Canadá contra passado colonial