Última hora
This content is not available in your region

Referendo sobre o aborto em Gibraltar

De  euronews
euronews_icons_loading
Referendo sobre o aborto em Gibraltar
Direitos de autor  Javier Fergo/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Um referendo para flexibilizar as leis do aborto em Gibraltar, consideradas das mas rígidas do mundo. A votação foi adiada durante um ano devido à pandemia, mas agora as pessoas fazem fila à porta das mesas de voto. Em causa está o direito ao aborto até às 12 semanas de gravidez, mediante condições, ou em casos de violação e incesto - considerando também danos considerados graves e permanentes.

A questão expôs opiniões fortemente divergentes dentro deste pequeno enclave britânico, a sul de Espanha, onde vivem, aproximadamente, de 32.000 pessoas. O referendo é iniciativa do governo local; a flexibilização da lei já foi aprovada pelo Parlamento de Gibraltar e segue uma decisão do Supremo Tribunal do Reino Unido que estabeleceu que a lei atual é contrária à Convenção Europeia dos Direitos Humanos.