EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Declarado estado de sítio no Haiti após assassínio do presidente

Declarado estado de sítio no Haiti após assassínio do presidente
Direitos de autor Joseph Odelyn/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Joseph Odelyn/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O primeiro-ministro interino do Haiti declarou o "estado de sítio", horas depois do assassínio do presidente Jovenel Moïse. Claude Joseph concedeu também poderes alargados ao executivo.

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro interino do Haiti declarou o "estado de sítio", horas depois do assassínio do presidente Jovenel Moïse. Claude Joseph concedeu também poderes alargados ao executivo.

O presidente do país foi assassinado quarta-feira de manhã por homens armados aparentemente estrangeiros que atacaram a sua residência.

O primeiro-ministro interino do Haiti, Claude Joseph, anunciou as decisões numa comunicação ao país: "Acabo de presidir a uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros e decidimos declarar o estado de sítio em todo o país".

As reações internacionais não se fizeram esperar. O Conselho de Segurança da ONU mostrou-se "profundamente chocado". O presidente dos Estados Unidos reagiu asssim: "Precisamos de muito mais informações, mas é muito preocupante sobre o estado do Haiti".

O Alto Representante da União Europeia para a Política Externa mostrou-se chocado e considera que este crime traz um risco de instabilidade e uma espiral de violência.

Segundo vários embaixadores, haverá uma reunião de urgência do Conselho de Segurança das Nações Unidas na quinta-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ariel Henry nomeado primeiro-ministro do Haiti

Cerca de 5 milhões em situação de insegurança alimentar no Haiti devido a violência

Gangues tentam tomar de assalto Palácio Nacional do Haiti