Última hora
This content is not available in your region

Novas restrições ameaçam turismo em Espanha

De  euronews
euronews_icons_loading
Novas restrições ameaçam turismo em Espanha
Direitos de autor  Sakchai Lalit/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Em Espanha, os efeitos do aumento das infeções por Covid-19 começam a fazer-se sentir na economia.

O turismo é um dos setores potencialmente mais afetados, em particular depois de França ter desaconselhado as deslocações ao país devido ao aumento do número de casos.

Áreas turísticas como Barceloneta receiam o pior.

“Sim, somos particularmente afetados por esta razão. Essencialmente, em agosto a nossa ocupação é 100% o turismo internacional", afirma Alejandro Valcarcel, diretor da escola de surf Manihi.

Para Nieves Blanco, proprietária de um bar, a incerteza poderá significar o encerramento.

“Significa fechar as portas. Porque se o turismo continua em queda e a tendência não se inverte, a verdade é que não podemos continuar", afirma.

Depois de França, também a Alemanha está a considerar declarar Espanha como área de risco o que significa que os turistas alemães terão que ser testados no regresso a casa a fim de evitarem uma quarentena.

Espanha não é o único país afetado pelo regresso das restrições.

Em Portugal, o aumento das infeções provocadas pela variante Delta preocupa as autoridades.
A partir deste sábado, testes negativos ou certificados de vacinação serão necessários para aceder a hóteis e estabelecimentos turísticos.

Entretanto, o Reino Unido anunciou que a partir de 19 de julho todos os residentes e turistas vacinados provenientes de países de risco médio podem entrar no país sem necessidade de quarentena.