Última hora
This content is not available in your region

Liverpool em risco de exclusão da lista do património mundial

De  euronews
euronews_icons_loading
Liverpool em risco de exclusão da lista do património mundial
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

A lista de património mundial da UNESCO inclui muito mais do que monumentos construídos pelo homem.

Após meses de atraso devido à pandemia, o organismo cultural da ONU prepara-se para anunciar a lista atualizada de monumentos património mundial da Humanidade.

A floresta de Janj na Bósnia é um dos candidatos mais fortes à integração na nova lista a divulgar em breve.

"As atividades e intervenções humanas são estritamente proibidas aqui. Temos um plano de gestão claro para esta floresta, reúno-me aqui com o meu colega, um ecologista, e fazemos patrulhas regulares no terreno. Existem também guardas-florestais que vigiam a área", afirma a engenheira florestal, Rosa Rakita.

No entanto, num raro desenvolvimento, a UNESCO poderá retirar da lista a zona portuária da cidade britânica de Liverpool, em tempos o centro do comércio do império britânico.

A organização alega que as novas construções retiraram o caráter histórico desta área.

"Não queremos bloquear o desenvolvimento mas é necessário que este esteja alinhado com o estatuto do local e aparentemente esse é o problema no caso de Liverpool, mesmo apesar do diálogo mantido com as cidade desde há vários anos. Isso é algo que lamento profundamente", confessa Mecthild Rössler, diretora do Centro do Património Mundial.

Este ano a UNESCO poderá acrescentar sete locais à lista dos monumentos em perigo, ou seja, locais que enfrentam ameaças à sua sustentabilidade.