Última hora
This content is not available in your region

Alemanha no rescaldo das cheias

De  euronews
euronews_icons_loading
Alemanha no rescaldo das cheias
Direitos de autor  Michael Probst/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

As águas recuam e as equipas de resgate avançam na Alemanha. A região da Renânia do Norte-Vestfália e a região vizinha da Renânia-Palatinado foram as mais afetadas pelas grandes cheias no país e as equipas de busca continuam à procura de vítimas ou sobreviventes. Ao meio-dia deste sábado, o número de vítimas tinha aumentado para mais de 130.

O porta-voz dos bombeiros, Elmar Mettke, diz ainda não terem encontrado nenhuma pessoa nos veículos "e continuam de dedos cruzados. Porque, até agora, todos conseguiram sair dos carros,"

Estão mobilizados 19 mil elementos na região da Renânia do Norte-Vestfália. Com estradas e autoestradas destruídas e pontes desmoronadas - vai demorar até que tudo volte ao normal.

Durante uma visita a Erfstadt, o presidente alemão expressou a suas condolências aos familiares das vítimas e, o responsável regional, elogiou a solidariedade nacional e disse que fariam tudo para reconstruir o que fortes chuvas e inundações que estão a afetar a Europa central destruíram.

Em Ahrweiler, uma das comunidades mais atingidas da Alemanha ocidental, os danos são colossais. Os residentes estão em estado de choque e preocupados com o futuro. Monica Decker, uma residente da aldeia alemã de Arloff ainda está em estado de choque, a água chegou muito rapidamente e lamenta o número de mortes.