Última hora
This content is not available in your region

Franceses protestam contra novas medidas sanitárias

De  euronews
euronews_icons_loading
Franceses protestam contra novas medidas sanitárias
Direitos de autor  Michel Spingler/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas desceram às ruas este sábado em Paris e outras cidades francesas para protestarem contra as novas medidas sanitárias anunciadas pelo governo.

Num discurso transmitido pela televisão, o presidente Emmanuel Macron anunciou a obrigatoriedade de vacinação para os profissionais de saúde assim o recurso ao passe sanitário para acesso a transportes públicos, restaurantes e outros espaços fechados.

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, deslocou-se a um centro de vacinação em Bayonne no sudoeste de França para manifestar o apoio às novas medidas de combate à variante Delta.

"Vacinação significa proteção. As vacinas vão ajudar-nos a fazer algumas coisas de forma mais fácil e isto foi o que discutimos relativamente ao recurso ao passa sanitário, em particular quando se aproxima a nova etapa que começa no dia 21 de julho", anunciou o primeiro-ministro francês, Jean Castex.

Entretanto, o aumento do número de infeções não parece preocupar muito os franceses.

Milhares já rumam em direção às estâncias de verão no sul do país.