Itália acolhe cimeira do G20 dedicada à cultura

Itália acolhe cimeira do G20 dedicada à cultura
Direitos de autor Riccardo De Luca/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Coliseu de Roma serviu de palco para a abertura da cimeira do G20 dedicada à cultura. Preservação e museus no mundo pós-pandemia são alguns dos temas em debate

PUBLICIDADE

Na capital italiana já começaram os trabalhos da primeira cimeira do G20 dedicada à Cultura.

A cerimónia de abertura teve lugar na quinta-feira no icónico Coliseu no centro de Roma.

Da agenda constam debates sobre algumas das questões mais relevantes do mundo da cultura tais como as políticas de proteção e preservação, o tráfico ilegal de obras de arte e a reabertura dos museus após a pandemia.

"Com a pandemia apercebemo-nos de quanto a cultura faz parte das nossas vidas. Praças vazias, museus vazios e fechados, tal como os cinemas, teatros e bibliotecas, que transformaram as nossas cidades em locais tristes e monótonos. Sabemos agora que a cultura é essencial para a recuperação, é o motor para um desenvolvimento equilibrado, inovador e sustentável", disse o ministro italiano da Cultura, Dario Franceschini.

O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, esteve presenta na abertura e sublinhou a importância da sustentabilidade ambiental para a proteção do património.

Este mês, a Unesco aumentou o número de monumentos italianos na lista que atinge agora os 58.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

G20 acertam novo sistema fiscal para as grandes empresas

G20 promete fazer mais para lutar contra a fome

Meloni quer travar imigração ilegal melhorando condições de vida em África