Vaga de calor dá combustível a incêndios florestais

Vaga de calor dá combustível a incêndios florestais
Direitos de autor AP/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Temperaturas nas costas do Mediterrâneo dificultam tarefa dos bombeiros.

PUBLICIDADE

Uma vaga de calor que atinge as costas do Mediterrâneo europeu e continua a dar combustível aos fogos florestais. Um exemplo é a Sicília - a região de Catânia foi particularmente afetada.Os bombeiros italianos foram chamados 250 vezes em 24 horas para combater os incêndios na Sicília.

Várias casas tiveram que ser evacuadas e sensivelmente 150 pessoas ficaram presas pelo fogo e tiveram de procurar abrigo nas praias. Em Catania e Palermo, as temperaturas ultrapassaram os 40 graus várias vezes esta semana. Foram enviados aviões Canadair, para ajudar a controlar as chamas e, segundo as autoridades, neste sábado a situação já apresentava melhorias.

A Turquia recorreu a helicópteros, para apagar as chamas. O número de mortos em incêndios florestais nas cidades mediterrânicas da Turquia aumentou para seis neste sábado, depois da morte de dois trabalhadores florestais. Os incêndios começaram a devorar florestas em todo o país na quarta-feira, invadindo pequenas vilas e destinos turísticos. Muitas pessoas também foram obrigadas a abandonar as suas casas. O ministro da Agricultura e Florestas do país, Bekir Pakdemirli, disse que 88 dos 98 incêndios já foram controlados. 

Praias privadas de Atenas não vão cobrar taxas de entrada no fim de semana, depois das autoridades públicas terem chegado a acordo com os gestores destas praias ao longo da orla ocidental de Ática.Uma ajuda para que todos se possam refrescar durante uma das piores ondas de calor das últimas décadas. São esperadas temperaturas extremamente altas neste fim de semana. E, de acordo com as previsões dos serviços de meteorologia. Podem chegar aos 45 graus na próxima segunda-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Onda de calor no Mediterrâneo

Terramoto na Turquia: Mais de 700.000 pessoas continuam a viver em situações precárias

Parlamento turco aprova adesão da Suécia à NATO